Projeto de Weliton Prado garante pelo SUS quimioterapia oral de forma domiciliar ou presencial nos hospitais

“A medida já era de fundamental importância e se tornou urgente com a pandemia do coronavírus que tem afastado muito pacientes dos hospitais por estarem incluídos no grupo de risco”, explica o deputado e autor do projeto Weliton Prado.

19/06/2020 às 13:56:45 | 482 visualizações

O deputado federal Weliton Prado (MG) protocolou o Projeto de Lei 3406/20 que garante o uso de quimioterapia por via oral no Sistema Único de Saúde (SUS). O projeto intitulado de "Lei Sim a Quimio Oral no SUS" permite que o paciente receba o quimioterapia oral nos ambulatórios ou no domicílio.

“Essa alteração garantirá celeridade aos tratamentos, permitindo que os usuários do SUS que sofram com o câncer não sejam tratados como cidadãos de segunda categoria em comparação com aqueles que podem pagar planos de saúde. A medida já era de fundamental importância e se tornou urgente com a pandemia do coronavírus que tem afastado muito pacientes dos hospitais por estarem incluídos no grupo de risco. Contudo, o câncer é uma doença rápida e não pode esperar”, explica o deputado.

O parlamentar, afirma que nesse meio tempo, dada a ausência de obrigatoriedade de fornecimento pelas operadoras de planos de saúde, muitos pacientes continuam sofrendo com os tratamentos de quimioterapia injetáveis, que trazem maiores efeitos colaterais, bem como podem ter eficácia reduzida dependendo do tipo de câncer.

O deputado Weliton Prado é o único parlamentar que registrou em cartório o compromisso público de destinar 100% de suas emendas individuais para o tratamento do câncer.

Redação PROS na Câmara