Clarissa Garotinho assume presidência de comissão que debate a criação do Fundo de Desenvolvimento para mesorregião do Rio de Janeiro

“Essa comissão é muito importante para debater a situação climática da região norte e noroeste do Rio de Janeiro que apresenta índices pluviométricos muito baixos e que vem piorando a cada ano. A linha de crédito mais baixa para os agricultores acarretará na melhoria da economia local e também no aumento de empregos”, afirma Clarissa.

11/12/2019 às 15:38:26 | 208 visualizações



A deputada federal Clarissa Garotinho (RJ) assumiu nesta quarta-feira (11) a presidência da Comissão Especial que cria o Fundo de Desenvolvimento Econômico da Mesorregião (PL 1440/19). A comissão irá debater e proferir parecer ao projeto de lei que dispõe sobre a criação do fundo de desenvolvimento econômico da mesorregião geográfica do norte e noroeste fluminense como áreas de semiárido.

“Essa comissão é muito importante para debater a situação climática da região norte e noroeste do Rio de Janeiro que apresenta índices pluviométricos muito baixos e que vem piorando a cada ano. A linha de crédito mais baixa para os agricultores acarretará na melhora da economia local e também no aumento de empregos”, disse a deputada.

A parlamentar disse ainda que a alteração irá dar aos agricultores da região uma linha de crédito mais baixa e especial e também um fundo de desenvolvimento que pode ter recursos aportados pelo Governo Federal, municipal. “Na região em 2017 morreram 20 mil cabeças de gado e a situação chegou a tal ponto que 14 prefeituras da região tiveram que decretar emergência no ano de 2017. Não queremos rever esse cenário novamente, por isso a importância em debater e instituir o Fundo”, explica.

Redação PROS na Câmara