“Quem está mentindo não somos nós”, diz líder do PROS sobre polêmica envolvendo ministro da Educação

“Estivemos reunidos com o presidente da República, Jair Bolsonaro, e demais líderes da Câmara, onde recebemos a boa notícia que o Governo, sensibilizado com a situação futura das universidades brasileiras, não faria o corte de 30% no orçamento das universidades”, afirma o deputado Toninho Wandscheer.

15/05/2019 às 11:06:58 | 335 visualizações

O deputado federal Toninho Wandscheer (PR), líder do PROS na Câmara, foi um dos primeiros parlamentares a anunciar que havia se encontrado com o presidente da República, Jair Bolsonaro, e que, na ocasião, o presidente ligou para o ministro da Educação para que recuasse do corte no orçamento de universidades e institutos federais.

“Estivemos reunidos com o presidente da República, Jair Bolsonaro, e demais líderes da Câmara, onde recebemos a boa notícia que o Governo, sensibilizado com a situação futura das universidades brasileiras, não faria o corte de 30% no orçamento das universidades”, afirma o deputado Toninho Wandscheer.

O parlamentar afirma que o assunto será tema dos questionamentos que os deputados farão ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, convocado a comparecer nesta quarta-feira (15), às 15h, no Plenário da Câmara.

“Infelizmente parece que a área econômica não concordou, não sei exatamente, mas que ele, Bolsonaro, falou, ele falou. Foi algo desagradável, mas foi o que aconteceu”, disse.

Com informações da assessoria do parlamentar.

Redação PROS na Câmara