“Foi um mandato representativo, com muita luta e garra”, diz André Amaral

O deputado federal paraibano, André Amaral, usou a tribuna na Câmara dos Deputados para agradecer ao povo paraibano, especialmente aos jovens brasileiros, pelo voto de confiança no mandato parlamentar.

13/12/2018 às 16:45:57 | 91 visualizações

“Vim com sentimento não de despedir-me do cargo de deputado federal, mas de agradecer cada paraibana, cada paraibano pela confiança depositada em mim”, disse o deputado federal André Amaral (PROS-PB) em pronunciamento nesta quarta-feira (13) no Plenário da Câmara.

Nascido em João Pessoa (PB), André Amaral assumiu na Câmara dos Deputados na legislatura 2015-2019. Com apenas 27 anos, o parlamentar destacou-se nos principais debates das comissões e, especialmente, nas votações em Plenário quando o tema era juventude.

“Foi um mandato de muita luta, vontade e garra, e com desejo enorme de entregar aos paraibanos, aos jovens brasileiros, representatividade política. E foi dessa forma que me portei. Rediscutimos o Plano Nacional de Juventude, Identidade Jovem e trouxemos aqui a Secretaria Nacional de Juventude, para que as políticas públicas da juventude fossem universalizadas e equalizadas em todos estados e municípios do País”, disse. 

Há cerca de dois anos e quatro meses o parlamentar tomava posse na Câmara dos Deputados discursando, em seguida, sobre o primeiro projeto de sua autoria, que estabelece diretrizes aos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e regulamenta a regionalização das vagas ofertadas pelo governo federal no Programa de Seleção Unificada (PL 6000/16).

“Assumi como deputado federal, sendo o mais jovem deputado do meu estado e o terceiro mais jovem do Brasil, sempre participando das comissões desta Casa e enfrentando os grandes debates”.  

Ao finalizar o discurso, o parlamentar ressaltou mais uma vez a importância da juventude no processo político e democrático, agradecendo a “força” da população do estado da Paraíba.

“Agradeço ao povo da Paraíba e aos colegas pela oportunidade de convivência e de construirmos alternativas importantes para o novo Brasil que todos nós esperamos que nasça aqui, que aflore! Eu fico muito feliz, com sentimento de dever cumprido. E a certeza que a nossa trajetória não se encerra por não estamos aqui. Pelo contrário, agora que começa ainda mais essa jornada representativa, de construir e de encontrar alternativas que levem o nosso jovem a outros patamares, perspectivas e realidades. Foi uma honra servir ao meu estado, ao meu povo e assim vou continuar servindo”, finalizou.

O PL 6000/16, de autoria de André Amaral, que define regras gerais e objetivos para o Enem, tramita em caráter conclusivo na Câmara e aguarda parecer na Comissão de Educação.

Redação PROS na Câmara

Sem tags