Toninho Wandscheer quer investigação do Cadastro Único no Programa Bolsa Família

Toninho justifica o pedido alegando que o programa de transferência de renda ainda deixa a desejar em qualidade e eficiência na sua operacionalização e transparência.

30/06/2016 às 12:13:00 | 314 visualizações

O deputado federal Toninho Wandscheer (Pros-PR) aguarda deliberação de proposta de fiscalização (PFC 88/16) para que a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara, com auxílio do Tribunal de Contas da União (TCU), investigue ocorrência de irregularidades no sistema de controle social do Cadastro Único do Programa Bolsa Família.

Toninho justifica o pedido alegando que o programa de transferência de renda ainda deixa a desejar em qualidade e eficiência na sua operacionalização e transparência.

“Tenho observado algumas críticas aos critérios de seleção das famílias beneficiárias, bem como as chamadas condicionalidades para permanência e a manutenção deste programa.  Acredito que hoje temos tecnologia suficiente que podem comprovar a regularidade desses serviços, aumentando a eficiência das políticas sociais, de modo atingir realmente famílias que necessitam delas”, disse.

Dados

Segundo informações do Portal da Transparência, nos Recursos Públicos Federais, houve ampliação de recursos destinados ao Programa Bolsa Família. Em 10 anos, a transferência de renda às famílias cadastradas passou de R$ 109 milhões em 2004 para R$ 339 milhões em 2015.

“Com esses dados, podemos questionar o salto expressivo no número de atendimentos, mas sem a certeza de seus objetivos cumpridos”, finalizou Wandscheer.

Com informações da assessoria do parlamentar.

Redação PROS na Câmara

Sem tags